Durante as crises é que desenvolvemos as ideias mais criativas para solucionar os problemas que nos rodeiam. Recursos escassos, ambiente de incerteza, ambiguidades não limitam a vontade de fazer algo útil para ajudar.

Quando trabalhamos com processos de design, conseguimos atacar problemas específicos e criar soluções inovadoras no menor espaço de tempo possível.

A Fast Company selecionou os 7 projetos que melhor utilizaram o design para combater a pandemia.

Dentre eles estão soluções relacionadas à equipamentos, locais de tratamento, imprensa e um app:

 

1. Spiro Wave – um prático respirador com peças de reposição mais fácil (e rápido) de produzir

2. Cura – containers adaptáveis

3. Capa do NY Times – um memorial aos mais de 100.000 mortos nos EUA

4. Swab 3D – Cotonetes confortáveis para o teste feito em impressora 3D

5. Clove – tênis confortáveis para os profissionais de saúde assinado por Stuart Weitzman

6. Zshield Flex – face shield com suporte no pescoço

7. Badgood app – a saúde mental não poderia ficar de fora. A proposta desse app é tornar o desestresse divertido: chacoalhar, gritar ou digitar freneticamente no celular. Confesso que testei e virei fã deste app 🙂

Com certeza algumas destas inovações vão permanecer no pós pandemia. 

Muitas delas foram desenvolvidas em semanas. Ao adotar um modelo de colaborativo de criação, utilizando métodos como o design thinking, as equipes conseguiram desenvolver ideias, montar protótipos e validar com o usuário em tempo recorde.