Diariamente falo com médicos que não gostam do Instagram. Sigo a conversa e logo descubro que eles não gostam porque não utilizam.

Até mesmo aqueles médicos que têm um perfil no Instagram não têm paciência para acessar e entender a linguagem da rede social que mais cresce no mundo.

A verdade é que você não precisa gostar do Instagram para aproveitá-lo como ferramenta de divulgação. O seu paciente gosta, está lá, e isso é o que importa.

Separei alguns dados de uma pesquisa recente que mostram a importância do Instagram para a sua clínica ou consultório:

O brasileiro é apaixonado.

  • 25% dos brasileiros disseram que o Instagram é a sua rede social mais utilizada;
  • Entre as mulheres, esse número é ainda maior: 28%;

E esses números tendem a crescer ainda mais. O brasileiro por natureza é um povo que adora interagir, socializar, acompanhar outras pessoas e o Instagram veio em um momento em que as pessoas podem acompanhar tudo pelo celular.

Contato frequente.

  • 63% dos usuários dizem conferir o seu Instagram várias vezes ao dia;
  • 73,5% dos mais jovens (16 a 29 anos) conferem várias vezes no período de 24 horas;
  • 89% visualiza o Instagram pelo menos 1 vez por dia;

Frequência é um dos fatores que ajudam a construir conhecimento sobre marcas e pessoas. Os números mostram que o brasileiro utiliza esta rede social muitas vezes durante o dia, o que é muito bom para as marcas.

Vale a pena até testar publicações em horários diferentes para saber qual obtém o maior número de engajamento.

Leia também: Como escolher as métricas corretas para o marketing digital

O apelo social é muito forte.

  • 84% costumam olhar e curtir fotos e vídeos dos amigos;
  • 60% costumam acompanhar de perto conteúdo gerados por empresas que gostam e se identificam;
  • 51% acompanham Influenciadores digitais e blogueiros;

As pessoas acompanham aqueles perfis no qual se identificam. Isso vale tanto para pessoas quanto para marcas. É uma oportunidade para construir e expressar os seus valores, conquistar seguidores fiéis e interagir com pessoas que estão inclinadas a ouvir o que você têm a dizer.

Você ainda têm dúvida se deve ou não participar do Instagram?