Toda decisão importante ou que tem um alto valor envolvido gera em nós dúvidas. Estas dúvidas muitas vezes são externadas para os buscadores como Google, Bing ou Yahoo!.

paciente-busca-medicos

É fácil termos exemplos de buscas na internet sobre roupas, carros, viagens ou casas para alugar. Além dos parentes e amigos próximos, a consulta ao Google se tornou “sagrada”. Eu não conheço um indivíduo que possua um smartphone e que não tenha feito uma pesquisa para responder alguma dúvida sobre um serviço ou produto. Desde a fase inicial de conhecimento, até informações mais específicas para definir a empresa escolhida.

Na área da saúde não é diferente.

Foi se o tempo em que as curandeiras detinham as respostas para as mais variadas dores e instruíam o vilarejo sobre quais procedimentos deveria tomar. Hoje o Google nos dirige para uma infinidade de informações sobre saúde e bem-estar.

É o seu papel oferecer conteúdo de qualidade para este paciente.

Sim, você médico, especialista no assunto, precisa transmitir a informação correta para estas pessoas. A internet é um poderoso drive para o conhecimento e estreitamento das relações entre médicos e pacientes.

Infelizmente, conheço médicos e profissionais espetaculares que não tem o hábito de compartilhar o conhecimento que possuem, uma pena.

Talvez você não possa atender a uma ligação ou responder a um e-mail no domingo a tarde, ou terça-feira as 23h, mas a internet permite que o seu conhecimento seja alcançado por aqueles que desejam acessá-lo.

LEIA A SUA MARCA PODE ESTAR PASSANDO POR UM ECLIPSE

Informação e decisão.

As pessoas hoje vivem para o AGORA.

Não queremos deixar para depois, queremos as respostas agora. Onde e da maneira que queremos. Nos tornamos imediatistas e donos do nosso tempo. E é por conta deste novo comportamento imediatista que os hospitais, clínicas e médicos precisam desenvolver a habilidade de compartilhar o conhecimento.

Cada fragmento de informação que o seu paciente consome de você, o traz mais perto. Cada informação cuidadosamente desenvolvida para o seu paciente conduz à decisão. E gostamos de fazer negócio com quem conhecemos, com quem sabemos que realmente poderá resolver ou aliviar as nossas dores.

 

Onde você estava quando o seu paciente precisou de ajuda?

Com o site fora do ar?

Nas redes sociais desatualizadas?

No email que não foi respondido a mais de 10 dias?

Com o endereço desatualizado no Google Maps?

Com o blog da sua clínica abandonado e sem novidades?

Nas mensagens não lidas do Facebook?

 

Não despreze a oportunidade de criar vinculo verdadeiro e duradouro com os seus pacientes.

Invista no marketing médico de maneira efetiva, consistente e inteligente.

A comunicação é uma ponte, não permita que ela seja destruída pelo descaso.

Entender este novo comportamento e oferecer o que realmente o seu paciente deseja é fundamental para um marketing médico que gera resultado.

[grwebform url=”https://app.getresponse.com/view_webform_v2.js?u=Ba38t&webforms_id=16851902″ css=”on” center=”on” center_margin=”200″/]

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.