inbound marketing para área da saúde

A clínica resolve investir no marketing médico digital. Vê no site uma ótima oportunidade para mostrar as suas instalações, descrever o corpo clínico, listar todos os procedimentos que realiza e aumentar o número de consultas. Cria um perfil no Facebook e no Instagram e inicia os posts.

Investe para impulsionar os posts durante meses e não vê resultado. A culpa cai sobre a estagiária que está cuidando das redes sociais e o site. Os administradores resolvem cortar a verba de marketing e buscam novas soluções (de novo) de divulgação.

Esta é uma historia bem conhecida e recorrente para aqueles que trabalham com marketing digital na área de saúde.

Onde está o erro?  

O que tenho percebido é que quase na totalidade elas não têm uma estratégia e muito menos uma metodologia de comunicação online estruturada.

210,4 milhões de brasileiros

139,1 milhões estão na internet

66% da população brasileira está conectada

Sem uma estratégia definida é muito complicado chegar a algum lugar. Sem metodologia então, nunca saberemos se estamos utilizando as ferramentas corretas. Grandes expectativas se tornam grandes frustrações.

 

Então como ser percebido e gerar resultado?

A primeira coisa que precisamos observar é o comportamento do ‘novo’ consumidor.

Ele passa boa parte do dia conectado. Esse fenômeno chamamos de always on, pois diferente da internet de 15-20 anos atrás quando o acesso era exclusivo pelos  desktops, hoje cada um carrega um pequeno e poderoso computador no bolso, conectado e preparado com diversas funcionalidades para agilizar a vida: o smartphone.

E quando elas precisam de um serviço médico, a quem recorrem? À internet.

 

O brasileiro passa mais de 4 horas por dia conectado

3h43 nas redes sociais como Facebook / Twitter / instagram

3h56 conectados através dos smartphones

 

Antigamente acreditava-se que para encontrar um médico, mecânico ou advogado de confiança, só por indicação de uma amigo ou parente próximo. E foi assim por décadas, até a chegada do Google.

A internet é um grande aliado das pessoas na procura por um serviço médico hoje em dia.

Leia Os desafios e oportunidades para o marketing médico em 2018 

Publicidade tradicional hoje no Brasil.

As empresas precisam disponibilizar cada vez mais recursos para disputar espaço e atenção das pessoas nos meios de comunicação no modelo tradicional.

Na outra ponta, as pessoas têm se irritado com tantas propagandas irritantes, enganosas e ineficientes, levando-as a instalarem os adblocks, ou bloqueadores de propaganda, em seus tablets e smartphones.

O inbound marketing é uma estratégia de atração.

Diferente do outbound, onde a mensagem publicitária é ‘empurrada’ para o cliente, o inbound faz o caminho inverso, oferece conteúdo de qualidade para um público especifico, estabelece uma relação de confiança, converte em cliente e define mecanismos de manutenção deste relacionamento.

O inbound marketing para o segmento de saúde gera valor e desenvolve uma jornada de confiança com os atuais e futuros pacientes.

A metodologia foi testada por empresas do mundo inteiro como o Hubspot e segue como tendência no marketing digital.

4 motivos para as clínicas investirem no Inbound Marketing:

1. O poder está nas mãos do paciente.

O cliente hoje tem uma infinidade de opções, a internet potencializou a busca e não existe mais barreira para encontrar médicos ou clinicas.

Através do celular, é possível localizar um especialista próximo a minha residência ou trabalho. Além disso é possível visualizar as avaliações de outros usuários no Google, redes sociais ou Youtube.

Especialistas em outros estados ou países são facilmente encontrados através da internet!

A escolha por um profissional de saúde está a um clique.

 

2. É preciso construir uma presença digital bem elaborada.

Este é um dos motivos de maior frustração para os clientes.

A empresa que não desenvolveu uma comunicação clara, objetiva e alinhada perde a oportunidade de gerar uma boa experiência e converter este visitante em cliente.

O consumidor pode entrar em contato com sua clinica de diferentes maneiras: site, blog, Facebook, Instagram, Youtube, Linkedin, entre outros canais.

A sua clínica deve estar presente 24 horas, 7 dias por semana na internet e em cada ponto de contato você precisa passar credibilidade e profissionalismo para este futuro paciente.

 

3. Transformar visitantes em clientes.

Já pensou em construir um relacionamento nos diferentes momentos da jornada do consumidor e convertê-lo em clientes para a sua clinica?

As pessoas que têm contato com o seu site, blog, redes sociais estão mais propícias a entrarem no seu estabelecimento, certo? O inbound marketing cria um caminho para a conversão deste ‘visitante’ em cliente.

 

4. Economia e resultado.

Diferente dos maios tradicionais como outdoor, revista, jornal, televisão ou rádio, as ações digitais permitem saber exatamente quanto foi investido e qual o retorno obtido.

É possível saber, por exemplo: a geração de Leads em um período de tempo, o impacto em novos negócios fechados, o ROI (return on investment) das ações realizadas, identificar o valor do CAC – custo de aquisição por cliente etc…

O Inbound Marketing é a ferramenta ideal para médicos, clínicas, centros médicos e  hospitais que querem marcar presença em toda a jornada do consumidor no ambiente digital.

A estratégia de Inbound Marketing para o segmento da saúde traz vantagens como: atrair clientes de um perfil específico, desenvolver confiança durante toda a jornada, gerar valor com base no conteúdo e ativações nos diferentes pontos de contato.

E você, já experimentou a metodologia Inbound Marketing para a sua clínica?

Invista em uma metodologia que traz resultado. Fale hoje mesmo com um de nossos consultores em ola@conectivo.com.br.

 

[grwebform url=”https://app.getresponse.com/view_webform_v2.js?u=Ba38t&webforms_id=19346102″ css=”on” center=”on” center_margin=”300″/]